Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

EMPREGO - CONFIRA AS VAGAS ATUALIZADAS E DISPONÍVEIS ATRAVÉS DA AGÊNCIA DO TRABALHO EM ARARIPINA


QTD. VAGA 


01 - Auxiliar administrativo (Vaga Exclusiva Para Pessoa Deficiente) 

01 - Cadista 

02 - Auxiliar de Linha de Produção 


OUTROS SERVIÇOS DA AGÊNCIA: 

Habilitação de Seguro Desemprego 

Emissão de Documentos: RG; e RESERVISTA 

Emissão de Carteira de Trabalho Digital ( CTPS) 

E-mail para envio de currículos: araripina@sempetq.pe.gov.br 

E-mail Gerência: junior.moura@sempetq.pe.gov.br 

Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação / Agência do Trabalho de Araripina - PE, 
 Rua Joaquim Alexandre Arraes, 84.

Fones:Recepção - 87-3873-8381/ Gerência 87-3873-8385

Atendimento ao público das 07:00 as 13:00. 

Trabalhos internos e externos das 13:00 as 16:00. 

OBS: O cidadão que comparecer até as 13:00 será atendido até as 16:00. 


Junior Moura - Coordenador Agência do Trabalho de Araripina

Sem a Transnordestina, polo gesseiro do Araripe enfrenta dificuldades com transporte



Expectativa de redução do valor do frete não virou realidade. Por causa da crise financeira, fábricas fecharam portas na região de Araripina, no Sertão do estado.
G1Petrolina  / Foto: Wagner Sarmento/TV Globo
Maior produtor de gesso do Brasil, responsável por mais de 90% da produção nacional, o polo gesseiro de Araripina, que fica no sertão de Pernambuco e abrange cinco municípios, vislumbrou na ferrovia Transnordestina uma chance de ouro. A ferrovia não veio, fábricas fecharam as portas e muitas sobrevivem sob o manto da ilegalidade.
(O G1 publica uma série de cinco reportagens sobre as obras de ferrovia Transnordestina, que corta os estados de Pernambuco, Ceará e Piauí. A primeira mostra que, inciadas em 2006, obras ainda não foram concluídas e seguem sem prazo. A segunda, traz o retrato das famílias desapropriadas.)
A redução no frete, que hoje custa de duas a quatro vezes mais do que a matéria-prima, ampliaria a competitividade das empresas pernambucanas no mercado brasileiro e internacional. No pico da obra, em 2010, dezenas de novas empresas foram criadas. Muitas fecharam.

A região tem 39 minas de gipsita, minério do qual é feito o gesso. Em apenas uma dessas minas, há gipsita suficiente para pelo menos 200 anos de exploração. São mais de 700 indústrias de pré-moldados e 140 calcinadoras, fábricas que transformam a pedra em pó. Mais de 13 mil pessoas vivem diretamente do gesso.
Mas nem toda matemática favorece o polo gesseiro. Uma tonelada de gipsita custa em média R$ 22. A mesma medida do gesso em pó vale R$ 150. “O frete rodoviário chega a custar R$ 200 por tonelada”, salienta o empresário Josias Inojosa Filho, ex-presidente do Sindicato da Indústria do Gesso (Sindusgesso).
Os números também explicam os benefícios que a Transnordestina poderia trazer. Para se ter ideia, um vagão transporta em torno de 100 toneladas, em média cinco vezes mais que um caminhão. Cada locomotiva leva cerca de 20 vagões. Além de aumentar a capacidade de escoamento, o frete ferroviário custa um terço do rodoviário.
“O frete é um fator limitante, sobretudo quando se fala em mercado internacional e competitividade. As grandes empresas do Sudeste e Centro-oeste do Brasil preferem importar a gipsita da Espanha do que comprar da gente. Ou seja, um produto que vem de navio do outro lado do mundo sai mais barato que o vendido aqui. A Transnordestina ajudaria a mudar esse cenário”, avalia Inojosa.
O caminhoneiro Luciano Jesus da Silva é exemplo do quanto o frete rodoviário dificulta a economia. A bordo de um caminhão de 52 toneladas, esperava o veículo ser carregado com gesso para levar o produto até Canoas, no Rio Grande do Sul, uma viagem de mais de 3,5 mil quilômetros, que duraria cerca de uma semana.
“A viagem é longa e cansativa, as estradas são ruins e, se um pneu fura, complica tudo. A gente trabalha com uma margem mínima de lucro”, pondera.
Expectativa dos empresários do polo gesseiro é de que ferrovia pudesse diminuir custo do transporte (Foto: Wagner Sarmento/TV Globo)
A gipsita, tratada como o ouro branco do Araripe, tem potencial de utilização variado. Pode ser usada em áreas como agricultura, construção civil, indústria automotiva, medicina e odontologia. Foi o que fez Josias Inojosa Filho. Sua empresa passou a ramificar a produção, oferecendo produtos mais lucrativos como o gesso dental, cuja tonelada custa R$ 16 mil, e uma massa corrida de gesso, que promete vantagens em relação à tradicional. Ainda assim, os efeitos da crise no polo gesseiro são sentidos: a fábrica, que tinha mais de 200 funcionários, agora conta com 117.
Quem não consegue aumentar o valor agregado para competir sofre consequências ainda mais dramáticas. Fábricas fechadas e abandonadas são um cenário comum em Araripina. Gente que sempre viveu do gesso perdeu o emprego e buscou alternativas de sobrevivência. Demitido de uma indústria há quatro meses, Genilson Abreu fez de seu casebre uma pequena fábrica. Trabalha sozinho no local e produz, por dia, 200 placas de gesso. Comercializa cada uma por R$ 1,20, preço mais em conta que o oferecido por empresas maiores.
“Carteira assinada é sempre melhor porque é garantido, mas hoje em dia está feio. Como eu sabia fazer, vou fazendo devagarzinho por aqui”, comenta ele, que consegue tirar em torno de R$ 1,8 mil mensalmente.
A presidente do Sindusgesso, Maria Ceissa Costa, critica a informalidade, vista como outro fator que prejudica a competitividade. “São muitas as empresas que atuam de maneira ilegal. A gente vem batendo nisso, pedindo ao governo estadual para que haja um controle maior, mas eles dizem que é difícil”, diz.

Ministro da Saúde anuncia liberação de R$ 94 milhões para Piauí

Durante visita ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT), acompanhado do prefeito Firmino Filho (PSDB) e do senador Ciro Nogueira (PP), o ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou a liberação de R$ 94 milhões para o Piauí.
Segundo o ministro, R$ 87 milhões são de Emendas do Orçamento Geral da União, apresentados por senadores e deputados do Estado. Os outros R$ 7 milhões, são de credenciamentos de novos serviços, que constantemente demandam recursos do Ministério da Saúde.
Ricardo Barros afirmou que ainda existem R$ 130 milhões de emendas da bancada federal do Piauí para o ano de 2017, para custeio da Saúde no Piauí. “Isso fará uma grande diferença na saúde do Estado”, declarou o ministro.
Ele também anunciou recursos para a construção da Maternidade Dona Evangelina Rosa, reivindicada pela vice-governadora Margarete Coelho (PP), além de recursos para o Hospital de Picos, que já foi liberado, mas há uma pendência do município com o Tribunal de Contas da União.
“Nós também nos comprometemos a liberar recurso para o HUT, com a formação de consórcio com as prefeituras para não sacrificar a prefeitura de Teresina, que gasta 34% de sua receita líquida no Hospital”, disse Ricardo Barros.
Fonte: Meio Norte

Piauí se prepara para realizar o primeiro transplante de fígado

O Piauí se prepara para realizar o primeiro transplante de fígado. O Estado atualmente realiza apenas dois tipos de transplantes: de rins e de córneas, mas as equipes da Central de Transplantes já terminaram o treinamento para a nova modalidade de transplante e aguarda apenas as adequações necessárias no Hospital Getúlio Vargas (HGV) para iniciar os trabalhos. 
"Nossa equipe está pronta. Foi feito um treinamento em São Paulo e agora nosso problema é só a estrutura. Estamos aguardando a conclusão da reforma do HGV e falta muito pouco para conseguirmos tudo o que é exigido pelo Ministério da Saúde. A vistoria é muito minuciosa, mas estamos confiantes de, ainda neste ano, o Piauí realizar o primeiro transplante de fígado", afirma a coordenadora da Central de Transplantes do Piauí, Lourdes Veras.
Em 16 anos, o Piauí realizou 2.272 transplantes - um número muito baixo diante das centenas de pessoas que esperam na fila por um órgão.
Fonte: Cidade Verde

Ônibus da Gaviões do Forró colide com hilux na BR 020 e duas pessoas ficam feridas

Membros da banda Gaviões do Forró foram surpreendidos por um motorista em outro veículo na BR 020 às 10h20, no trecho da via no município de Boa Viagem. Em entrevista ao Puxa o Fole, o vocalista do grupo Gleydson Gavião, declarou que o condutor de uma Hilux estava no acostamento quando o mesmo entrou sem sinalizar na frente do ônibus da banda. O veículo do grupo sofreu um forte impacto, além da lateral do veículo de passeio.
Gleydson Gavião contou que a banda estava retornando para Fortaleza de um show na cidade de Novo Horiente do Piauí, no Piauí. “Estamos todos bem, apesar do susto”, revela o cantor. O motorista do ônibus tentou desvia e frear, mas não deu tempo de evitar a colisão da entrada sem aviso da Hilux.
Apesar do choque, nenhum membro da banda ficou ferido. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um auxiliar da banda teve ferimentos leves chegou a ser atendido e já liberado. Já o motorista e a passageira da Hilux tiveram lesões graves e foram encaminhados para um Hospital em Fortaleza.
Diário do Nordeste

Ciro Nogueira revela motivo que o levaria PP a romper com Wellington Dias

O senador Ciro Nogueira Filho afirmou que se o PP vier romper com o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), “não vai ser por cargos, mas por conta do tratamento”. Ciro se posicionou sobre a relação com chefe do executivo estadual depois que viu ser desfeito o acordo previamente firmado para que o Partido Progressista viesse administrar a secretaria de Estado da Saúde, que será dividida entre PT e PMDB.
O senador, que é presidente nacional do PP, disse que o estresse gerado por conta da questão foi desnecessário e ocasionado pela ausência de diálogo entre os envolvidos.
“É um estresse desnecessário. Acho que a falta de diálogo acabou provocando muitos boatos. Em qualquer administração que o PP tenha participado nunca colocamos a questão dos cargos acima de um projeto para o Estado. Assim aconteceu com o governador Wellington, nós nunca exigimos nada, tudo que o PP tem hoje foi oferecido pelo governador. Se o PP vier um dia a romper com o Wellington Dias não vai ser por cargos, mas por conta de tratamento, respeito”, disse o senador durante entrevista a uma emissora local.
Ciro Nogueira fez questão de lembrar que o Partido Progressista ajudou a eleger Wellington Dias no momento em que o mesmo estava isolado. “Não estamos chegando agora no Governo, nós elegemos o governador quando, lá atrás, ele estava isolado. Participamos da sua eleição, fomos decisivos. Estamos tentando que ele [Wellington Dias] faça uma grande administração, porque não podemos perder mais tempo”, alertou o senador.
Fonte: GP1

Família de políticos de Massapê sofre acidente na BR 316 quando retornava de Teresina

Uma família de políticos do município de Massapê do Piauí se envolveram em um acidente no início da noite desta segunda-feira, 20, na BR 316, próximo à entrada da rodovia de acesso à cidade de Aroazes.
Segundo informações, estavam no veículo o condutor, o ex-vereador José Mário Coelho da Silva, a esposa, também ex-vereadora Rosolândia Farias, e a filha do casal, enfermeira e vereadora de Massapê, Mariane Farias. Eles retornavam de Teresina, onde haviam participado de um evento político do Partido Progressista.
O acidente aconteceu por volta das 18h30. O carro, modelo Chevrolet Onix, que era conduzido por Zé Mário, colidiu contra jumentos que estavam na rodovia. Apesar da violência da colisão, que danificou muito a frente do carro, os ocupantes do veículo não se feriram.
Rosolândia e Mariane foram socorridas por um carro que passava pelo local e levados até o Posto da Polícia Rodoviária Federal, na cidade de Valença. Zé Mário aguardou a chegada da polícia e também já foi levado até o Posto da PRF.
Fonte: Cidades na Net

Divulgado a lista de aprovados e classificados do vestibular EAD UFPI

A Universidade Federal do Piauí divulgou, através da Coordenadoria Permanente de Seleção (Copese), o resultado do Processo Seletivo Específico – Educação a Distância 2016, destinado ao preenchimento de 9.310 vagas oferecidas em 14 cursos da Universidade Federal do Piauí (UFPI), na Modalidade a Distância, em 41 polos da Universidade Aberta do Brasil – UAB, situados em 39 municípios do estado do Piauí e dois municípios do estado da Bahia.

No Piauí, médica encontra material cirúrgico dentro de mulher 20 dias após o parto

Um casal denunciou em redes sociais que após 20 dias do nascimento do filho, foi encontrado um “tampão” (um tecido utilizado para estancar sangramentos pós-parto) dentro da mãe. O ex-jogador de futebol Erivaldo Veloso contou ao G1 que após a mulher passar mal em casa, a levou ao Hospital Geral do Buenos Aires, onde detectaram o problema.
“Ela estava sentindo muita dor e não conseguia urinar. Já tinham se passado 20 dias desde o nascimento do nosso filho e ela não melhorava. Levei ela ao Hospital do Buenos Aires e quando a ginecologista foi examinar, achou o tampão do tamanho de uma fralda dentro dela. Minha mulher chorou muito com a situação, foi humilhante”, contou.
Por meio de nota, a maternidade afirmou apenas que o caso está sendo investigado.
Assustada, a educadora física Thamara Macêdo contou que a ginecologista que a atendeu no Hospital do Buenos Aires explicou que é normal colocarem um tampão para estancar o sangramento, mas que ele deveria ter sido retirado no prazo máximo 24 horas depois do nascimento do filho.
“Foram 20 dias horríveis. Me sentindo mal, sentindo um mal cheiro em mim e não sabia o que era. Saí da maternidade (Evangelina Rosa) sem nenhum tipo de informação. Não me falaram do tampão, não me falaram quando devia voltar para retirar os pontos, nem marcaram o meu retorno após o resguardo. Apesar disso, achei que estava saudável. Meu medo era que eu tivesse pego uma infecção e só descobrisse quando não tivesse mais jeito”, relatou.
Na publicação realizada no perfil pessoal do jogador no Facebook, que já tem mais de 2,8 mil reações e 1.078 compartilhamentos, o ex-jogador relata o fato e demostra indignação com a Maternidade Dona Evangelina Rosa, local onde o filho nasceu. Segundo ele, o que houve foi uma negligência do local.
https://i2.wp.com/s2.glbimg.com/ebDDTlLEPd_HE5WLzNTYUzKKcvk=/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2017/02/20/pano.png?resize=599%2C657
“Estamos revoltados. Eu, minha esposa, nossa família, nossos amigos entendemos que o que houve foi uma irresponsabilidade, uma falta de atenção e cuidado com a paciente. E se tivesse acontecido o pior? A maternidade tem que assumir o erro e sofrer as consequências”, disse.
Em nota a Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) informou que foi acionado o Núcleo de Segurança do Paciente e os profissionais que estiveram presentes no procedimento irão discutir o caso. Ressaltaram ainda que a Instituição trabalha com transparência e que ao final da avaliação informará o que de fato ocorreu.
Fonte: G1

Secretaria Estadual de Educação oferece mais de 14 mil vagas em cursos técnicos

Vagas para ETE de Araripina
A Secretaria Estadual de Educação inicia, na próxima segunda-feira (20), inscrições do processo seletivo para o preenchimento de 14.095 vagas, em 24 cursos técnicos nas modalidades subsequente, Educação à Distância (EAD) e Profuncionário, em todas as regiões de Pernambuco. Os interessados devem consultar o edital e realizar as inscrições pelo site da pasta (www.educacao.pe.gov.br) até o dia 03 de março. As provas devem ser realizadas online, de 06 a 10 de março, e o resultado final será divulgado no dia 17 de março.

Na modalidade EAD, estão sendo disponibilizadas 9.260 vagas. Já para a modalidade subsequente, destinadas aos estudantes concluintes do Ensino Médio, são 4.095 vagas. Na modalidade Profuncionário, que contempla servidores do quadro administrativo de escolas públicas estaduais, a disponibilidade é de 740 vagas. As matrículas dos classificados acontecem de 20 a 24 de março. As aulas das turmas subsequentes iniciam no dia 27 de março; EAD e Profuncionário começam dia 03 de abril.

Os cursos oferecidos são: Administração (EAD e Presencial), Análises Clínicas (Presencial), Biblioteconomia (EAD), Comércio (Presencial), Comunicação Visual (Presencial), Desenvolvimento de Sistemas (EAD e Presencial), Design de Interiores (EAD), Edificações (Presencial), Eletrotécnica (Presencial), Enfermagem (Presencial), Eventos (Presencial), Informática (Presencial), Logística (EAD Presencial), Manutenção e Suporte de Informática (Presencial), Mecânica (Presencial), Mecatrônica (Presencial), Multimeios Didáticos (EAD), Prótese Dentária (Presencial), Química (Presencial), Recursos Humanos (EAD), Redes de Computadores (Presencial), Saúde Bucal (Presencial), Secretaria Escolar (EAD), Segurança do Trabalho (EAD e Presencial).

No Estado, 66 escolas em 53 municípios oferecerão os cursos técnicos. Para mais informações, os interessados podem ligar para os números: (81) 3183-9862 ou (81) 3183-9866.

Confira abaixo a lista dos municípios que oferecerão os cursos:
Sertão: 21 escolas
Municípios: Afogados da Ingazeira, Araripina, Arcoverde, Cabrobó, Carnaíba, Dormentes, Exu, Floresta, Ibimirim, Itacuruba, Jatobá, Ouricuri, Petrolina, Salgueiro, São José do Belmonte, São José do Egito, Serra Talhada, Sertânia e Tabira.

Agreste: 17 escolas
Municípios: Águas Belas, Belo Jardim, Bezerros, Buíque, Bom Conselho, Bom Jardim, Bonito, Caruaru, Garanhuns, Gravatá, Lajedo, Pesqueira, Santa Cruz do Capibaribe, São Bento do Una e Surubim.

Zona da Mata: 9 escolas
Municípios: Carpina, Goiana, Limoeiro, Nazaré da Mata, Palmares, Paudalho, São Lourenço da Mata, Timbaúba e Vitória de Santo Antão.

Região Metropolitana do Recife/Fernando de Noronha: 19 escolas
Municípios:Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Escada, Fernando de Noronha, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão Dos Guararapes, Olinda, Paulista, Recife.

Ruy Fabiano
Há um intrigante paradoxo em torno da figura de Lula: não viaja em avião de carreira, evita locais públicos e só fala em ambientes restritos à sua militância para evitar a hostilidade pública, de que tem sido alvo desde que exposto pela Lava Jato.
Não obstante, pesquisas eleitorais, como a mais recente, da CNT, o apontam como favorito à presidência da República. Venceria todos os presidenciáveis até aqui conhecidos, de Aécio Neves a Bolsonaro, passando por Marina Silva, Serra, Ciro Gomes e Alckmin.
Ora, alguém que ostenta tal favoritismo deveria, bem ao contrário, enfrentar de peito aberto ruas, aeroportos, restaurantes, estádios de futebol (aos quais Lula, ardoroso torcedor, não comparece desde antes da Copa do Mundo), pois, no mínimo, teria a seu favor a maioria dos circunstantes.
O que se depreende disso? Ou essa maioria mora em outro país (ou planeta) ou simplesmente é fictícia. Mesmo no Nordeste, onde se concentrou, nos idos tempos, o grosso do seu eleitorado, o quadro mudou. Há um vídeo no Youtube que registra uma chegada de Lula ao aeroporto de Fortaleza, pontuada por vaias e palavrões.
- See more at: http://araripinaemfoco.net/lula-o-favorito/#sthash.yc0hioOP.dpuf
Ruy Fabiano
Há um intrigante paradoxo em torno da figura de Lula: não viaja em avião de carreira, evita locais públicos e só fala em ambientes restritos à sua militância para evitar a hostilidade pública, de que tem sido alvo desde que exposto pela Lava Jato.
Não obstante, pesquisas eleitorais, como a mais recente, da CNT, o apontam como favorito à presidência da República. Venceria todos os presidenciáveis até aqui conhecidos, de Aécio Neves a Bolsonaro, passando por Marina Silva, Serra, Ciro Gomes e Alckmin.
Ora, alguém que ostenta tal favoritismo deveria, bem ao contrário, enfrentar de peito aberto ruas, aeroportos, restaurantes, estádios de futebol (aos quais Lula, ardoroso torcedor, não comparece desde antes da Copa do Mundo), pois, no mínimo, teria a seu favor a maioria dos circunstantes.
O que se depreende disso? Ou essa maioria mora em outro país (ou planeta) ou simplesmente é fictícia. Mesmo no Nordeste, onde se concentrou, nos idos tempos, o grosso do seu eleitorado, o quadro mudou. Há um vídeo no Youtube que registra uma chegada de Lula ao aeroporto de Fortaleza, pontuada por vaias e palavrões.
- See more at: http://araripinaemfoco.net/lula-o-favorito/#sthash.yc0hioOP.dpuf
Ruy Fabiano
Há um intrigante paradoxo em torno da figura de Lula: não viaja em avião de carreira, evita locais públicos e só fala em ambientes restritos à sua militância para evitar a hostilidade pública, de que tem sido alvo desde que exposto pela Lava Jato.
Não obstante, pesquisas eleitorais, como a mais recente, da CNT, o apontam como favorito à presidência da República. Venceria todos os presidenciáveis até aqui conhecidos, de Aécio Neves a Bolsonaro, passando por Marina Silva, Serra, Ciro Gomes e Alckmin.
Ora, alguém que ostenta tal favoritismo deveria, bem ao contrário, enfrentar de peito aberto ruas, aeroportos, restaurantes, estádios de futebol (aos quais Lula, ardoroso torcedor, não comparece desde antes da Copa do Mundo), pois, no mínimo, teria a seu favor a maioria dos circunstantes.
O que se depreende disso? Ou essa maioria mora em outro país (ou planeta) ou simplesmente é fictícia. Mesmo no Nordeste, onde se concentrou, nos idos tempos, o grosso do seu eleitorado, o quadro mudou. Há um vídeo no Youtube que registra uma chegada de Lula ao aeroporto de Fortaleza, pontuada por vaias e palavrões.
- See more at: http://araripinaemfoco.net/lula-o-favorito/#sthash.yc0hioOP.dpuf
Estranho favoritismo. Há quatro meses, seu partido foi fragorosamente derrotado nas eleições municipais em todo o país. Venceu apenas numa capital, Rio Branco, cujo estado é governado há duas décadas por uma mesma dinastia, a dos irmãos Viana.
Perdeu em toda parte, inclusive no berço petista do ABC paulista. Em São Bernardo, cidade onde mora há décadas – e onde iniciou sua carreira de líder sindical -, não conseguiu emplacar nem sequer um enteado para o modesto cargo de vereador.
O PT definha e vê na ressurreição do mito Lula sua última cartada. Perdido por um, perdido por mil. Prestes a prestar contas à Justiça, réu em cinco processos e sem o guarda-chuva do foro privilegiado, Lula pôs em cena a figura do perseguido político.
Prepara emocionalmente a militância – reduzida, mas ruidosa e violenta – para tornar sua iminente prisão um fator de turbulência pública. Tem a seu favor a simpatia (ou o receio) do próprio presidente Temer, a quem chama de golpista, mas não hesita em estender a mão e a apoiar nos embates dentro do Parlamento.
- See more at: http://araripinaemfoco.net/lula-o-favorito/#sthash.yc0hioOP.dpuf