Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

Secretaria de Educação de Pernambuco abre Inscrições para 8.115 vagas em cursos técnicos à distância

Vagas para ETE-Pedro Muniz Falção e CTA-Centro Tecnológico do Araripe
A Secretaria de Educação do Estado (SEE) inicia, nesta segunda-feira (23), as inscrições para o Ensino à Distância (EAD) de Pernambuco e o programa Profuncionário 2015. Ao todo, são 8.115 vagas abertas, sendo 7.360 para o EAD e 755 para o Profuncionário, distribuídas em 11 cursos. Os interessados podem se inscrever até o dia 05 de março, exclusivamente aqui, e as provas online serão feitas no período de 09 a 16 de março. Após efetuar a inscrição no site, o candidato receberá email com link para validá-la, seguida das opções de dia, horário, para realização da prova, além do polo em que quer estudar, curso e turno. Caso o candidato não tenha acesso a computador, ele pode comparecer ao polo de preferência para realizar a prova.
Para concorrer a uma das vagas disponíveis no EAD é necessário ter o Ensino Médio concluído em escola pública ou privada, ou ser estudantes do Ensino Médio a partir do 2° ano (em todas as modalidades) da rede pública ou privada. O EAD oferece nove cursos técnicos em 60 polos distribuídos em todas as regiões do Estado. Já o programa Profuncionário oferece cursos nas áreas de ‘Multimeios Didáticos’ e ‘Secretaria Escolar’ em 29 polos em todo o Estado para funcionários do quadro administrativo de escolas públicas municipais, Estadual ou Federal que tenham concluído o Ensino Médio, ou que estejam cursando-o a partir do segundo ano. Mais informações: (81) 3183.9865 ou 3183.9866.
O PROFUNCIONÁRIO é um programa federal (MEC) que visa a formação técnica de servidores do quadro administrativo de escolas públicas. Foi iniciado no Estado em 2006 e, desde 2013, passou a integrar o Sistema de Educação à Distância da Secretaria Estadual de Educação (SEE).
Veja abaixo a lista completa dos cursos:
EAD: 
Administração;
Biblioteca;
Informática (ênfase em desenvolvimento de software);
Logística;
Multimeios Didáticos;
Recursos Humanos;
Secretaria Escolar;
Segurança do Trabalho;
Serviços de Restaurante e Bar.

PROFUNCIONÁRIO:
Multimeios Didáticos;
Secretaria Escolar.

Governo diz que vai pagar professores acima do piso nacional

Em reunião nesta sexta-feira (27) com o secretário de Governo do Estado, Merlong Solano, e com o deputado Fábio Novo (PT), líder do Governo na Assembleia Legislativa do Piauí, o governador Wellington Dias pediu prioridade na aprovação da lei que reajusta o piso salarial dos professores do Piauí.
Com a aprovação do projeto, já encaminhado ao Legislativo, professores nível I da classe A, com jornada de trabalho de 40 horas, passam a ganhar R$ 2.221,75, acima, portanto, do piso nacional, que é de R$ 1.917,78.
O deputado Fábio Novo já se reuniu para tratar do assunto com o presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho (PMDB), que já se mostrou favorável à aprovação da matéria em caráter prioritário. Fábio e Themístocles defendem que a proposta seja votada na próxima terça (3).
“Conversei também com o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, e ele me passou que, para cumprir o piso, o Estado já tem assegurados R$ 9 milhões em recursos repassados mensalmente, pagando, inclusive, o retroativo referente a janeiro”, frisa Novo.
Sobre o retroativo, de acordo com o líder do Governo, o secretário de Educação do Estado, Helder Jacobina, garantiu que, tão logo seja aprovada a matéria no Parlamento, uma folha suplementar será feita para pagar os professores.

Fonte: Cidade Verde

Nova regra do seguro-desemprego passa valer a partir deste sábado(28)

A nova regra do seguro-desemprego começa a valer para quem for demitido a partir deste sábado (28), segundo informou o Ministério do Trabalho. Portanto, as mudanças valerão para esses trabalhadores que darão entrada no pedido a partir desta segunda-feira (1º).
“A vigência da Medida Provisória [que estabelece as novas regras] começará 60 dias a partir da data da publicação. Sendo assim, as novas regras incidirão nos trabalhadores demitidos a partir do dia 28 de fevereiro de 2015″, diz o Ministério do Trabalho.
Com as mudanças, o trabalhador que solicitar o benefício pela primeira vez deverá ter trabalhado por 18 meses nos 24 meses anteriores.
De acordo com as novas regras, na segunda solicitação do benefício, ele terá de ter trabalhado por 12 meses nos 16 meses anteriores e, a partir da terceira solicitação, terá de ter trabalhado, pelo menos, por seis meses ininterruptos nos 16 meses anteriores.
De acordo com o Ministério da Fazenda, na primeira solicitação, o trabalhador poderá receber quatro parcelas se tiver trabalhado entre 18 e 23 meses nos 36 meses anteriores. Poderá receber cinco parcelas se tiver trabalhado a partir de 24 meses nos 36 meses anteriores. Já na segunda solicitação, ele poderá receber quatro pardelas se tiver trabalhado entre 12 e 24 meses nos 36 meses anteriores.
A partir da terceira solicitação do seguro-desemprego, vale a regra anterior, que prevê o recebimento de três parcelas para quem trabalhou entre 6 e 11 meses nos 36 meses anteriores. Para receber quatro parcelas do seguro-desemprego, ele terá de ter trabalhado entre 12 e 23 meses nos 36 meses anteriores e, para receber cinco parcelas, terá de ter trabalhado por, pelo menos, 24 meses nos 36 meses anteriores.
Outras mudanças
Também começa a valer em março um novo cálculo que reduzirá o valor da pensão por morte (do patamar de 100% do salário de benefício para 50% mais 10% por dependente até o limite de 100% e com o fim da reversão da cota individual de 10%).
Outra mudança é a vitaliciedade do benefício. Cônjuges “jovens” não receberão mais pensão pelo resto da vida. Pelas novas regras, o valor será vitalício para pessoas com até 35 anos de expectativa de vida – atualmente quem tem 44 anos ou mais. A partir desse limite, a duração do benefício dependerá da expectativa de sobrevida.
Desse modo, o beneficiário que tiver entre 39 e 43 anos receberá pensão por 15 anos. Quem tiver idade entre 33 e 38 anos obterá o valor por 12 anos. O cônjuge com 28 a 32 anos terá pensão por nove anos. Quem tiver entre 22 e 27 anos receberá por seis anos. E o cônjuge com 21 anos ou menos receberá pensão por apenas três anos.
Já entrou em vigor no dia 14 de fevereiro uma das novas regras anunciadas pelo governo para a pensão por morte. Com a mudança, só tem direito ao benefício quem conta com pelo menos dois anos de casamento ou união estável. A legislação anterior não estabelecia um prazo mínimo para a união.
As mudanças na pensão por morte fazem parte de um pacote de medidas provisórias anunciadas pelo governo no final do ano passado para tornar mais rigoroso o acesso da população a uma série de benefícios previdenciários. As mudanças não afetam quem já recebe o benefício.
Já no dia 30 de dezembro, entrou em vigor a alteração que estabelece que deixa de ter à pensão o dependente condenado pela prática de crime que tenha resultado na morte do segurado.
Fonte: G1

Vereador do Piauí é sequestrado e tem veículo roubado no Ceará

O vereador Ronnivon de Sousa Lima (PSB) e, também, presidente da Associação dos Vereadores do Estado do Piauí (Avep), foi assaltado por volta das 15 horas dessa quinta-feira (26), na ladeira dos Tucuns, trecho da Serra da Ibiapaba, no município de Crateús, no Ceará.
Além de ser político, Ronnivon também trabalha como contabilista e no momento do assalto, se deslocava da cidade de Pedra Branca, no estado do Ceará, com destino ao município de São Miguel do Tapuio, no Piauí, quando foi abordado na subida da serra por dois elementos armados.
Na ação dos bandidos, o vereador foi feito refém e um dos assaltantes assumiu o volante da picape Hilux, cor preta, ano 2013, placas OUA-222, de Teresina-Piauí, retornando com a vítima para o estado do Ceará.
O parlamentar foi deixado em uma roça na localidade de Monteiro, no município de Quiterianópolis. Depois de andar por várias horas, Ronnivon chegou a uma estrada e pegou uma carona até a localidade de Besouro, também em Quiterianópolis, quando acionou a Polícia.
Além da picape Hilux, todos os pertences do vereador, como relógio, celular e documentos pessoais foram levados pelos bandidos. Até agora não há informações sobre os assaltantes e o veículo roubado.
Ronnivon Lima construiu sua carreira política no Estado do Piauí ao se eleger vereador na cidade de Assunção do Piauí. Atualmente ele exerce a função de presidente da Avep, Associação dos Vereadores do Estado do Piauí.

Fonte: Portal Samita

Pistolagem volta a assombrar a população de São Julião; mais um político assassinado

A morte do ex-candidato a vereador da cidade de São Julião (no Sertão Sudeste do Piauí – a 382 quilômetros de Teresina) Vanderley José de Sá, 27 anos, mais conhecido por Leizinho, volta a preocupar os moradores do Sertão do Piauí.
A região é apelidada de “Área da Pistolagem”, conhecida pelos crimes de execução e por quase a totalidade desses não terem autores conhecidos. A falta de segurança pública na região e o medo de denúncias ajudam a tornar os casos insolúveis e a ampliar o número de habitantes andando armados.
Leizinho foi executado por volta das 20h desta quarta-feira (25) quando estava em uma moto Honda CG Fan, preta, na Praça Dois Corações, entrada da cidade de São Julião, em frente ao Hospital da cidade.
Dois homens, que também estavam em uma moto, cor e placa não anotadas, se aproximaram da vítima e deram, segundo testemunhas, no mínimo, dez tiros de pistola.
Leizinho caiu sobre a moto, continuando a ter o corpo crivado de balas, principalmente na cabeça e no tórax. Os autores fugiram com destino ignorado. A vítima teve morte no local.
O delegado da cidade de Fronteiras (localizada a 29 quilômetros de São Julião), Bruno Meyer, não descarta nenhuma possibilidade para o crime, mas, pela quantidade de tiros e pelo modus operandi da execução, a possibilidade de pistolagem é a mais levada em conta.
“Ainda é muito cedo para entrarmos em detalhes. Estamos intimando pessoas e testemunhas, principalmente parentes”, destacou o delegado enquanto providenciava o translado do corpo de Lezinho para ser periciado no Instituto Médico Legal de Teresina. “Só depois da perícia é que poderemos dar mais detalhes sobre o assassinato”.
Leizinho trabalhava como cobrador e constantemente realizava viagens para fora da cidade. Era casado e pai de uma filha de quatro anos.
EXECUTORES AGIRAM NA FRENTE DE DEZENAS DE PESSOAS
Um dos fatos que ajudam a potencializar a morte de Vanderley Silva, o Leizinho, como sendo um crime de pistolagem, foi a maneira rápida e precisa que os assassinos chegaram no local e realizaram o crime.
Testemunhas ouvidas pelo O Olho destacaram que a execução ocorreu em um lugar e horário bem movimentados e que os executores agiram rapidamente, sendo muito parecido com ação de quem está acostumado a realizar aquele tipo de serviço.
Esse foi o segundo crime de execução este ano na região. Assim como os dois deste ano e vários outros nos anos anteriores dois fatos são marcantes: tudo é resolvido à bala e raramente os executores são presos.
VÍTIMA FOI DETIDA NO CASO EMÍDIO REIS
Vanderley da Silva foi um dos homens detidos durante as investigações do caso Emídio Reis, até hoje o crime que mais chocou a cidade de São Julião, visto que a vítima foi sequestrada, trucidada e enterrada viva.
O então ex-vereador e ex-candidato à prefeitura da cidade, Emídio Reis da Rocha foi encontrado morto no dia 5 de fevereiro de 2013 na zona rural da cidade de Pio IX, seis dias depois de desaparecer na cidade de Picos (a 307 quilômetros de Teresina).
FOTO | Vanderley quando foi detido investigado no Caso Emídio Reis; Foto: Fronteiras OnLine
Até hoje o vice-prefeito de São Julião, Francimar Pereira, está preso, acusado de ser o mandante do crime. Na época Vanderley Sá foi detido e algemado, acusado de envolvimento na trama que culminou com a morte de Emídio Reis.
O suposto envolvimento de Lezinho no Caso Emídio Reis se deu porque ele era aliado do político executado e, dias antes das eleições de 2012, passou para o lado adversário, encabeçado pelo então prefeito José Neci e por Francimar Pereira.
Inclusive, no resultado das eleições no site do Tribunal Superior Eleitoral, Lezinho era filiado ao PMDB, partido de Emídio Reis, não obtendo nenhum voto.
Faltando um dia das eleições de 2012, Lezinho foi atingido por dois tiros em uma discussão política nas proximidades da barragem de Piaus (a seis quilômetros do Centro). Nesse dia ele acompanhava Francimar Pereira.
Segundo testemunhas os tiros eram para atingir o então candidato a vice-prefeito, sendo esses um dos fatos-chave, segundo a Polícia Civil em inquérito policial que apurou a morte do ex-candidato, teriam culminado com o plano de executar Emídio Reis.
O autor dos disparos na época da campanha contra Lezinho foi Francisco João de Sousa. Em 17 de junho do ano passado foi absolvido pelo crime usando a tese de legítima de defesa.
Desde o ocorrido contra Lezinho o filho de Francisco Sousa, Maciel Sousa, teria desaparecido, sendo que até hoje seu paradeiro é desconhecido.
O delegado Bruno Meyer, que investiga o caso, diz que em um primeiro momento essa execução não tem ligação com o Caso Emídio Reis, senão Lezinho estaria preso, mas que ainda acha estranho o sumiço de Maciel Sousa. Essa é outra forte linha de investigação sobre possível autoria do assassinato.
DOIS POLICIAIS FAZEM A SEGURANÇA DA CIDADE
Detalhe em vermelho: localização de São Julião / Imagem: IBGE
Somente dois policiais militares fazem a segurança da cidade de São Julião. Mesmo sendo palco de constantes crimes de agressões, assassinatos e execuções a cidade não tem delegacia.
Apenas o Grupamento da Polícia Militar (GPM) é responsável pela segurança das zonas urbana e rural de São Julião, que tem, segundo o IBGE, 5.571 habitantes (mais da metade dela na zona rural).
O GPM é composto por apenas dois homens: o sargento Amâncio e o soldado Pereira fazem a segurança na cidade, às vezes revezando-se em plantões.
A delegacia mais próxima que atende São Julião é a da cidade de Fronteiras (a 29 quilômetros de distância), também responsável pela segurança das cidades de Alegrete do Piauí, Alagoinha do Piauí e Pio IX, justamente os municípios que complementam a chamada “Área da Pistolagem” no Sertão piauiense.
Nos últimos cinco meses a região estava sendo vítima de vários assaltos contra loterias, postos de combustíveis e também a comércios.

CHICO Pitu, prefeito de Marcolândia, graças a aquisição de novos veículos reestrutura seu município melhorando as condições do transporte

"Nunca se viu em Marcolândia o que se vê hoje. A cada dia a gestão do prefeito Chico Pitu, surpreende", disse uma das lideranças políticas do município quando soube que o prefeito Chico Pitu adquiriu novos veículos que têm por finalidade reestruturar o seu município dando-lhe melhores condições ao setor de transporte.
Seis novas viaturas, incluindo-se as duas novas S-10 cabine dupla, foram adquiridas pela Prefeitura Municipal de Marcolândia graças recursos do município, Fundo Municipal da Educação e Vigilância Sanitária. Além das duas novas S-10 cabine dupla, a Prefeitura de Marcolândia adquriu quatro Motos Yamaha-150 Flex.
Conforme o prefeito Chico Pitu, as duas novas S-10 vão servir à Secretaria Municipal de Educação e ao seu Gabinete. As quatro Motos Yamaha -150 Flex atenderão a demanda da Secretaria de Saúde no que tange a agilidade e locomoção dos Agentes de Endemias no combate ao inseto transmissor da doença de Chagas.
Por Adauto Ferreira - Portal Novois Tempos - Fonte: Alan Barriel - Assessor de Comunicação da Prefeitura

SENADORA Regina Sousa percorre o Estado e diz que a coincidência de mandatos com duração de cinco anos é consenso

A senadora Regina Sousa (PT/PI) e presidente do Diretório Regional do PT no Piauí percorreu três cidades da região norte do Estado este final de semana para falar sobre os principais pontos da reforma política. O projeto de lei começa a ser discutido no Congresso Nacional no próximo dia 25 em sessão conjunta do Senado e Câmara dos Deputados e deve ser votado no início do segundo semestre deste ano para que entre em vigor em 2016
Nas cidades de Assunção do Piauí, São Miguel do Tapuio e Castelo do Piauí, Regina Sousa conversou com lideranças políticas e comunitárias destacando os oito pontos principais do projeto de lei, principalmente os defendido pelo Partido dos Trabalhadores. A senadora informou que o Senado vai promover debates nos Estados sobre os principais pontos para que as pessoas assimilem e entendam o projeto de lei antes de opinar. E pediu que todos façam o debate junto à comunidade em que atuam, nas escolas, no trabalho, com os familiares e amigos. “É importante que todos façam o debate porque senão não será a reforma que queremos.”

O primeiro ponto defendido pelo PT é a realização de um plebiscito para que a população se manifeste sobre a reforma que deseja. A senadora citou que os pontos em que a população deve opinar nessa consulta ainda não foram definidos, mas com certeza terá os pontos mais importantes. Outro ponto defendido pelo PT, PC do B, Ordem dos advogados e Conferência Nacional dos Bispos do Brasil é o financiamento público de campanha por igualar a campanha de todos os partidos e candidatos.

Regina Sousa explicou que o fim das coligações proporcionais e coincidência de mandatos e com duração de cinco anos são consensos. Já o voto facultativo e o fim da reeleição não são consensos entre os parlamentares. A senadora explicou que sobre o fim da reeleição há uns que defendem o fim com um mandato de cinco anos e outros que querem apenas que os governantes se afastem para disputar o cargo novamente. No caso da coincidência de mandato falta acordar quando começa a valer a proposta. “ O importante é que as eleições sejam em um ano só.”

A participação da mulher de forma igualitária no Parlamento é outro ponto defendido pelo PT que é a favor de que seja garantida, pelo menos 25%, da presença feminina nas Casas Legislativas. O voto distrital também é outro ponto polêmico, pois se for aprovado o candidato só pode pedir voto no distrito em que atua. A senadora contou que muitos são contra esse ponto porque podem voltar os chamados “votos de cabresto” e “ de curral” e ainda perpetuar a hereditariedade na política, " o mandato passando de pai para filho."

O vereador e vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Miguel do Tapuio Antonio Francisco Pereira Silva, o Julieta (PSB), elogiou a iniciativa da senadora em percorrer o Estado explicando a reforma política. Disse que há necessidade de se promover o debate junto à comunidades para que as pessoas possam opinar na consulta pública.

O suplente de deputado estadual, Aloísio Martins, disse que é preciso haver mudanças nas regras eleitorais porque em pouco tempo as minorias não terão representantes nas Casas Legislativa. “É necessário haver o debate porque enquanto não houver regras claras, não melhora o nível dos representantes no Poder Legislativo.”

Na próxima semana a senadora Regina Sousa vai participar de debate sobre a reforma política nos municípios de Picos, Oeiras e Floriano. A parlamentar está percorrendo os municípios explicando os principais pontos do projeto de lei a pedido da direção nacional do Partido dos Trabalhadores.
Por Adauto Ferreira - Portal Novos Tempos - Fonte: gp1.com.br

O MINISTRO Armando Monteiro se reuniu na terça-feira, 24 de fevereiro, com empresários do setor gesseiro da região Araripe

O encontro contou com a participação de parlamentares e representantes de sindicatos e associações do setor, entre os quais o presidente do Sindugesso, Josias Inojosa Filho. O secretário da Secretaria do Desenvolvimento da Produção (SDP), Carlos Augusto Gadelha, também esteve presente na reunião.
Na ocasião, o ministro se colocou à disposição para atender às demandas apresentadas pelo representante do Sindicato da Indústria do Gesso do Estado de Pernambuco (Sindugesso), Josias Oliveira Filho, e propôs a criação de um Grupo Técnico de Trabalho para que os assuntos sejam tratados com mais agilidade.
alt
O secretário Gadelha vai estar à frente do grupo, que vai trabalhar conjuntamente com os empresários e com as associações para definir a agenda de prioridades para o setor gesseiro da região. Esta foi a primeira reunião do ministro Armando Monteiro com representantes do setor gesseiro do Araripe.
alt
Por Adauto Ferreira - Portal Novos Tempos -Fonte: MDIC - Imagens: Divulgação

O PRESIDENTE do Tribunal de Justiça do Piauí recebeu na sexta-feira, 20 de fevereiro, Chico Pitu, prefeito de Marcolândia

O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), desembargador Raimundo Eufrásio, recebeu na manhã  da sexta-feira, 20 de fevereiro, os prefeitos de Marcolândia, Francisco Pedro de Araújo (Chico Pitu) e o prefeito de Paulistana, Gilberto José de Melo, (Didiu), para assinatura de Convênio para a realização do programa Justiça Itinerante, nas referidas cidades.
Segundo o presidente do TJ-PI, desembargador Raimundo Eufrásio, a Justiça Itinerante tem resolvido muitas questões de forma alternativa e tem sido fundamental neste processo de facilitar o acesso à Justiça a todos.
“Desde que o Desembargador Edvaldo Moura abraçou esta ideia muitos processos já foram resolvidos pela via da pacificação e conciliação. Paulistana e Marcolândia estão de parabéns por conseguirem uma data da concorrida agenda da Justiça Itinerante. Isso mostra o interesse dos prefeitos em resolver problemas da população, de modo que estaremos nos dias 26 e 27 de fevereiro em Paulistana e logo depois, em março, em Marcolândia”, ressaltou o presidente do TJ-PI.
Para o Desembargador Edvaldo Moura, grande idealizador do programa no Judiciário piauiense, já são mais de 700 mil atendimentos em várias cidades do estado e em quase todos os bairros periféricos de Teresina.
“A Justiça Itinerante é uma espécie de vitrine da Justiça, não tem quem não a conheça. Estamos sempre nos reunindo em um lugar diferente, julgando processos e solucionando conflitos de forma mais rápida e quem ganha é a sociedade”, disse.
Estiveram na solenidade também o Corregedor Geral de Justiça, Sebastião Ribeiro Martins; o secretário de Justiça Daniel Oliveira; o presidente da Associação dos Magistrados Piauiense (Amapi), Leonardo Trigueiro; e o juiz auxiliar da Corregedoria, Max Paulo.
No que tange a Marcolândia, o prefeito Chico Pitu informou que o desembargador Raimundo Eufrásio, presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, colocou 907 mil reais num projeto para a construção do Fórum de Marcolândia, cujo terreno será doado pela Prefeitura.
O novo Fórum de Marcolândia será construído num terreno doado pela Prefeitura, com área de 50 x 30 metros. Com a construção do Fórum, conforme disse o prefeito Chico Pitu, pode se ter em Marcolândia o funcionamento da Justiça Eleitoral para atender Caldeirão Grande e Marcolândia.
Por Adauto Ferreira - Portal Novos Tempos - Fonte: Tribunal de Justiça do Piauí - Daniel Silva

Prefeitura de Paquetá abre seleção com mais de 50 vagas; veja!

Com inscrições exclusivamente no dia 28 de fevereiro de 2015, a Prefeitura de Paquetá, Piauí, informa que está com processo seletivo aberto para diferentes cargos.
Ao todo são 57 vagas e cadastros de reserva, com jornadas de trabalho de 12h a 40h semanais e remunerações que variam de R$ 400,00 a R$ 1.100,00, nas funções de :
  • Nível Fundamental: Auxiliar de Serviços Gerais (CR), Assistente Administrativo (5 + CR) e Motorista de Ônibus (4).
  • Nível Médio: Orientador Social (5 + CR) e Educador Social (1 + CR).
  • Nível Superior: Professores do Ensino Fundamental (15+ CR) e EJA (22), Nutricionista (2), Assistente Social (2 + CR) e Psicóloga (1).
Pode concorrer quem atender aos requisitos e realizar inscrição das 8h às 17h do dia indicado, junto à Secretaria Municipal de Educação (avenida Filomeno Portela, nº. 820, Centro). A taxa é de taxa de R$ 30,00 e os documentos solicitados constam no edital de abertura.
Todos os inscritos serão submetidos à análise curricular, assim como no caso de Motorista de Ônibus haverá prova prática, ambas detalhadas no documento disponível em nosso site.
Fonte: PCI Concursos